sexta-feira, 15 de junho de 2007

like a dream

No silêncio da noite sentiu a memória tocar-lhe os lábios.

Num tempo fugaz. Efémero. Mordaz.

De mãos aveludadas percorreu-lhe o corpo, em doces palavras murmuradas. Caladas. Consentidas.

Vibrou ao orgasmo duma lua ofuscada.

Sensações encontradas, apanhadas, guardadas numa ansiedade violada.

No calor do abraço roubou-lhe o beijo, o fôlego e a paixão.

Num tempo curto, demasiado curto de tão longo, permitiu-se viver, reviver, cansar-se, atordoar-se, esgotar-se.

Revolveu-se. Revoltou-se.

Escutou. Indagou. Protestou. Consumou.

Na calada da noite, num momento fugaz, efémero, mordaz, o medo possuiu-se. O pânico emulou-se, o silêncio calou-se e o tempo... adormeceu.


46 comentários:

Cristina disse...

belo post, escreves muito bem
:)
beijinhu

Afonso disse...

Muito bom este post. Fez-me lembrar momentos passados que, com muita pena minha, são isso mesmo . . . passados e irrepetíveis.

Até breve . . .

Grão Vizir disse...

'Sensações encontradas, apanhadas, guardadas numa ansiedade violada'

Nao sei porquê, mas isto lembra me sempre o momento em que estou com fome e preparo me para ir lanchar ehehe

Realmente escreves bem sim ^^

gasolina disse...

Lindo.
Sonho ou "Déjà vu"?

Muito, muito bem.

Abraço.

poca disse...

há dias.. momentos... que gostavamos mesmo que o tempo dormisse.. e nós ali ficássemos.. a saborear o momento.. que perdurava..

bonito

Ivan disse...

O Marco, do A Fonte Que Nunca Seca, indicou e vim conferir.

E ele tinha toda a razão.
Há muito afeto por aqui.

Http://ijdlf.zip.net
Http://umcasal.blogspot.com

Miosotis disse...

Muito obrigada pela visita.Excelente pretexto para vir conhecer este teu espaço que me parece lindo.
Voltarei.
Beijos embrulhados em pétalas de miosótis

Rafeiro Perfumado disse...

(aconchegando o lençol)
Xiuuuu.... não a acordem. Deixem-na repousar. Um beijo.

Cusco disse...

Era bom que conseguíssemos calar o silêncio mais vezes. Conseguiríamos ouvir melhor o falar das sensações.
Um beijo e um bom fim-de-semana!
Até breve!

voyeur disse...

( Entrando a bater numa panela com uma colher de pau..)

Qual deixá-la dormir, qual quê... já a acordar!! Era o que mais faltava ter sonhos destes... eu que todas as noites só sonho com a abelha Maia...

D. Maria e o Coelhinho disse...

TOU MUITO CHATEADA !!!

TOU MUITO CHATEADa
TOU MUITO CHATEADA !!!


TOU MUITO CHATEADA !!!


D MARIA

v disse...

O tempo não adormece. Acorda miúda.

Beijinhos

Girassol disse...

Fiquei sem fôlego ao ler esse post, como se estivesse dentro dessa história. Talvez sejam as recordações que o texto me trouxe a despertar dentro de mim.

Beijo

Thiago Forrest Gump disse...

Se o tempo adormece, tudo o mais é possível! :)

Abraço

antónio paiva disse...

.....................

sabes eu também não gosto mesmo nada de poesia, nem a entendo

aliás também sou mentiroso quando quero!


..................................

Beijo e noite serena

Å®t_Øf_£övë disse...

foryou,
Essa do "atordoar-se", não é para mim... pois não???

:)

Bom fds.
Beijinhos.

bjecas disse...

Bonito!
Muito bonito pá!...

(Miminho)

\m/

Francis disse...

Lábios, lábios, lábios.
O teu Poste é muito parecido com o meu.
Bem... é teu está um pouco melhor escrito... enfim... muito melhor escrito...

Cristina disse...

Ola,

Hoje venho aqui para te pedir o teu e-mail do blogger, vem ao meu cantinho para leres o porque
:)

beijinhu

José Alberto Mostardinha disse...

Olá:

Obrigado pela tua visita e comentário no Estados Gerais.

hummm... sobre o teu escrito:
- "Amar é nunca ter que dizer que se lamenta!"

Um beijo,

Lyra disse...

São sonhos como esse que nos tiram a vontade de acordar...
Bjos

herético disse...

gostei muito do texto. fui embalado no prazer de te ler até final...

Pekena disse...

Como eu adorava puder adormecer o tempo... muitas vezes, mesmo!

Mas ele nã pára :(

Bom fim-de-semana
Bjs da Pekena***

Erika disse...

Que o sonho seja alimento prá viver melhor no mundo dos acordados.. e de olhos abertos.

beijos

Ana disse...

Será que sonhou?

Um beijinho.

Alexandra disse...

Fiquei colada ao teu texto!!

"O pânico emulou-se, o silêncio calou-se e o tempo... adormeceu." EXPLÊNDIDO!!!ADOREI!!

Bjs e bom domingo!

Popper disse...

A visita obrigatória. Bom fim-de-semana. Bjo.

Anónimo disse...

"e o tempo... adormeceu" escreves extraordináriamente bem em qualquer estilo, o que é raro. Muito bom este post.

Abraço

Nanny disse...

Não podias ter adormecido o tempo a semana passada? É que assim as minhas férias duravam mais...

Adorei o teu sonho... embalo-me nele e vou...

Beijinhos

Um Momento... disse...

Hum... não me apetecia acordar
"No calor do abraço roubou-lhe o beijo, o fôlego e a paixão"
E um abraço sabe tão bem ...
Lindo Poema :)))
Beijo de e por este Momento (*)

aflores disse...

Há sonhos dos quais eu não gosto de acordar, mas nem sempre isso é possivel.

;)

Boa semana.

ALF O Extasiado disse...

nossa, quanta doçura nas palavras.
Lindo texto mesmo.
Uma intensidade que toca a alma.

:)

beijos
boa semaninha

Nilson Barcelli disse...

Foi dos melhores textos que escreveste até hoje (na minha modesta opinião, claro).
Beijinhos.

mixtu disse...

o tempo adormeceu... só se for na poesia... pois um abraço nunca o faz adormecer...

poesia...

abrazo, em português: abraço, em mirandês: abrazo-te, yaya

Lyra disse...

Tenho um miminho para ti na minha casita :)
Bjos

Barão da Tróia II disse...

Quem escreve assim, tem uma alma sem fim, boa semana.

Espirito da Lua disse...

Ola

Gostei muito ;)

Bj Lua

Moura ao Luar disse...

Fiz uma pausa com as tuas palavras, para estar mais perto de mim mesma :-)

VICIO disse...

bons sonhos...

Inha disse...

Com violações destas... podemos nós muito bem.;)


*

Eskisito disse...

A minha vida está um pouco assim, num turblhão de emoções.

João Cordeiro disse...

Querida amiga obrigada pelo carinho demonstrado.
O meu pai já se encontra em casa.
Passei e estou a passar uma fase muito complicada da minha vida.
Embora julgue que a amizade não se agradece, o meu reconhecimento.

Miguel disse...

Sonhar, acreditar; acordar e continuar a sonhar

Arcanjo disse...

Bom dia menina linda que trazes o céu no olhar,

É bom fechar os olhos e sentir, recordar e guardar na alma e no coração momentos que ninguém nos pode roubar...

Adorei! :-)

Beijos doces***

legivel disse...

... ele há sonhos que não são brincadeira nenhuma, podes crer. Parece mesmo que os estamos a viver que de tão reais os julgamos. Eu tenho imensas vezes aquele sonho de estar a apanhar do chão montes de notas. De euros, libras, dolars, eu sei lá! e a encher sacos e sacos com elas. E aquilo é quase como as pilhas duracel (passe a publicidade!) dura, dura, dura. Mas de repente, o despertador toca e nem me deu tempo de ir ao banco depositar aquela pipa de massa. Em breves segundos fiquei ainda mais pobre...

óptima semana!

rascunhos disse...

... bonito este momento. Gostei verdadeiramente!

bj