segunda-feira, 25 de junho de 2007

Dois em um porque promessa é promessa mas eu tenho de economizar

Oh minha nossa! Logo eu que adoro correr livremente e esta gentinha com a mania de me acorrentar! GGGRRRR !!!


Enfim... Marco prometido é devido e eu não quero levar essa dívida comigo portanto cá vai.


“Há gente assim. Gente que não entendo bem (nem mal, diga-se). Gente que para mim é algo confusa, ou será sua forma de agir?... Sempre insatisfeitos. Sempre inconformados! Desejam tudo que não têm, nem enxergam o que possuem. Choram a toda a hora e a todo o momento se lamentam. Arrogância quanto baste. Agressividade sem fim. Ciúme a corroer. Mal-dizentes nas palavras. Querem tudo, não querem nada. Desprezam até a própria sombra. Gente estranha para mim. Incapazes de amar, mas capazes de se fazer amar.


Há gente assim. Gente que ri de riso aberto. Gente que ri de si próprio. Gente que sente e se ressente. Gente bela para quem olha, mesmo que o espelho não o espelhe. Gente que nasceu com ternura. Gente simples e saudável. Gente que faz da vida festa ,mesmo quando a vida se desfaz. Gente que brilha sem querer. Gente que é de verdade. Gente que sorri para a gente. Gente capaz de amar e de se fazer amar.


Porque amor não se explica, não se define, não se analisa e em toda a gente, há um pedaço de gente, capaz de fazer gente amar!”


(têm mesmo de ser 10??? Apesar de haver tantos é dificil escolher!!) Num aordem arbitrária:


vou ali e já venho ou a ternura da Leonor.

nas asas do arcanjo onde o carinho transborda.

About last night o 1º blog amoroso por onde passei (tanto quanto dizem os meus registos...)

NimbyPolis porque não podia deixar de ser.

Pensamentos perdidos em mim porque me enterneceu.

Sonhador em full-time perco-me a lê-lo.

Viagens na aldeia com textos cheios de ternura.

Mixtu a transbordar.

Astrologia para todos podem achar que não, mas é.

Desambientado um amor diferente, mas também amor.


Desta já me safei!


E como o legivel é muito cusco vamos lá a leituras para lhe satisfazer a curiosidade:


Alguns que me marcaram-me:

“ Os Lusíadas” (Camões) – pois é! Tinha uns 3 anitos quando meu pai me mostrou um livro antigo escrito numa “língua” esquisita em folhas ainda mais esquisitas e amarelinhas. Passei a pedir todas as noites que o lesse. É claro que eu não percebia nadinha!!!! Mas o livro era uma ternura de se mexer e eu adorava adormecer ao som daquela voz.

“Os Maias” (Queiroz, Eça)– foi a 1ª grande obra que li. Achei fantástico como é que alguém, apenas com palavras sem um aúnica imagem, conseguia fazer-me vizualizar uma cena.

“Do Mundo Fechado ao Universo Infinito”( Koyré, A.) – o livro que leio e releio e não me canso.

“The Culture of Terrorism” (Chomsky, Noam) – o livro que mais me despertou para algo que já me despertava.


Os últimos 3 livros:

janela do pensamento “ (Paiva, A.) – ele diz que é poesia, eu digo que são pensamentos.

A vida dele dava um blog (deu um livro) " (Pereira, J.) – porque rir faz bem.

“A Casa da Floresta” (Bradley, M. Z.) – foi um prazer relê-lo.


Alguns que aconselho:

“O Livro Negro da América” (Scowen, P.) – um outro lado da história, porque é preciso conhecer todos os lados.

“A Fórmula de Deus” (Santos, J. Rodrigues dos) – um livro lindissimo.


Na minha mesa de cabeceira:

“Depois dos Neoconservadores” (Fukuyama, F.) – a terminar o 3º capítulo.

“Métodos Não Interferentes em Pesquisa Social” (Lee, R. M.) – porque sim

“À Distância” deste Senhor - porque gosto de o ir lendo.

E mais uma carrada de trabalhos!!!!! – de autores diversos e que eu devia estar a ler em vez de “pastar” correntes!!!! :)


Passagem? Por acaso gostava de saber o que lêem estes senhores, mas nem me atrevo a perguntar...

este Bjecas

e mais este Alquimista

e ainda este Afonso


(Se eu for despedida garanto que terão de me arranjar emprego ou no minimo alimentarem-me!!!!)



31 comentários:

foryou disse...

Alguns que me marcaram bastava! Não era necessário o marcaram-me mas já não vou mexer naquilo senão não faço mais nada hoje e sou mesmo despedida!!!

Isabel disse...

Realmente, isto não foi um elo de uma corrente, foi uma corrente completa. Também, eu, já fui amarrada e, o que daí tirei, foi a triste conclusão de que cada vez tenho menos tempo de me dedicar àquilo de que tanto gosto:ler.
Talvez quando me reformar... :))

Bjt

Popper disse...

Boas leituras! Quanto ao amor alguém ousa defini-lo? Boa semana.

Zuka disse...

Safo-me sempre destas correntes!! Fujo a 7 pés...;)

Cristina disse...

Ai Ai não me mates, mas tens um prémio e não desafio no meu cantinho
:)))

beijinhu...vou de férias, até daqui a 2 semanas
:)

bjecas disse...

(grunhindo)

Sem prazos?

Aceite!

Jinhes

\m/

Erika disse...

Anotei os livros.. vou visitar os indicados.

Parabéns.

Beijos

v disse...

Por isso é que o trabalho não anda. Larga lá isso ou quem te despede sou eu. Estou à espera do file!!!
O telemóvel e afins servem para quê? Liga lá isso!

Leonor disse...

Obrigada, muito obrigada.
1 beijo
Leonor

Xico da Caçadeira disse...

Eu não acredito, e logo eu que não costumo ler!!

Só a mim!

Bem verei como vou poder safar desta!


Um abraço!

Desambientado disse...

As correntes,acabam por prender as pessoas, pelos simples gestos, pelas bonitas palavras, pela identificação com as preferências...
Gosto tanto de ler-te e também de ler, pena é que não seja eu quem cria o tempo.

Boa semana.

Miguel disse...

:-)
Ninguém "acorrenta" como tu!

Fénix disse...

Belas escolhas Foryou, sem dúvida...
obrigada antes demais :o)
Já estou a pensar nas minhas férias.. ( p´lum canudo ) ainda falta tanto tempo que é melhor nem pensar nelas...
mas irei ler algumas que recomendas ...
Espero não repetir o que disse a " Isabel"...reformar :p
Um beijão linda

Marco disse...

Feliz por cumprir à tarefa, mesmo que "contrariada"! risos...
Parabéns!!!
Beijos...

Eu disse...

Eu estava aqui a tentar arranjar um comentário, mas depois tu tinhas de o ler e isso ia-te quebrar a correbte do trabalho, por isso deixo só um bj

;)

Nanny disse...

Descansa!

Se fores despedida eu e o Raf partilhamos contigo os biscoitos de cão e as latinhas de comidinha para gato

:D

Bjocas

Jade disse...

Gostei muito do texto que inicia este teu post. É da tua autoria? Como está entre aspas fiquei na dúvida...
Um beijinho!

foryou disse...

Leonor> não agardeça o que é merecido! Eu é que agradeço a leitura que oferece. Bj

foryou disse...

Bjecas> aceite???? ichhh e eu a pensar que me ía mandar pentear macacos (no minimo) :)

foryou disse...

Zuca> eu se fosse a ti não cantava de galo! :P

foryou disse...

Cristina> Obrigada e boas férias ****

foryou disse...

Xico> pois se não costuma está em tempo de se acostumar! Aliás, estranho que nem quem não lê escreva textos como os que nos oferece.

foryou disse...

Marco> contrariada só pelas correntes nunca em relação a quem as passa. ***

foryou disse...

Nanny (com a e não com á lol) eu se fosse a si estava quietinha que ainda há por cá umas latinhas que lhe posso servir!!!! :P

foryou disse...

Como diz o Desambientado: pena é que não seja eu quem cria o tempo! Por isso mesmo, embora leia sempre todos, absolutamente todos os vossos comentários, habitualmente não tenho tempo para responder a todos vós. Se por um lado vos agradeço as palavras e em especial o carinho deixado, por outro peço que me perdoem a falta de respostas.
*********

foryou disse...

Jade> tal como já anteriormente respondi: sim, todos os textos deste blog são meus à excepção de algum cujo autor identifico sempre devidamente.
Bj

lélé disse...

O teu texto é lindo! Embora eu tenha alguma definição para amor, uma coisa é mais que certa: o amor é para ser sentido e não para ser racionalizado... Quanto aos livros da "corrente"... só li o da Marion... não sei como uma mulher só consegue escrever em tantos e tão variados estilos e tão bem!...

Um Poema disse...

"...porque gosto de o ir lendo." Fico feliz!

Um abraço

Å®t_Øf_£övë disse...

foryou,
Logo tu que não gostas de correntes, foste-me "flechar"!!!
Logo a mim que nunca falo de amor!!!
Se quiseres podes passar no About Last Night, porque já dei seguimento às setas e já "flechei" mais 10 desgraçados.
Beijinhos.

Ivan disse...

No Nas Asas Do Arcanjo eu não consegui comentar...

Ivan disse...

O About Las Night não estáaberto aquem não é convidado... Nem consegui entrar.