segunda-feira, 21 de abril de 2008

memórias

Caminha por aí sem se importar muito com o que encontra. Apenas tentando repescar lembranças sumidas. Alguém lhe reavivara a memória sobre algo que possuira em tempos idos.

Aqui e ali vai reconhecendo uma letra, um parágrafo, uma palavra. Separadas surgem sem nexo, sem sentido, sem significado. Juntas constroem puzzles, ou nadas, ou tudos...

Sem caminhos pré-definidos, avança, recua, pára, vira...

Aqui e além vai tomando novas estradas, cruzando novas estações, ultrapassando novos precalços. Sem querer ou por querer, sei lá, estaciona nalgumas paragens porque algo lhe é familiar ou... porque a fazem sorrir.

Afinal, tudo na vida é uma cadeia e em tudo na vida há coisas que nos fazem rir e gente que nos obriga a sorrir. Uma delas são os amigos, bons ou menos bons porque alguns têm tanto de anjos como de demónios, reais ou não porque o sentimento pode ser forte sem corpo; mais ou menos anónimos, porque como eu ou tu podem não ter nome; mais ou menos coloridos porque como respondia alguém à pergunta “e tu não tens mesmo, mesmo, mesmo amizades coloridas?”:

Não. Já me posso ir embora? É que combinei um café com uma amiga...

E sem querer, a pouco e pouco, foi renascendo talvez porque há pessoas que “costumo ser um bom amigo com quem estar” e não se enganam, mesmo que tenham a mania de sonhar com dias de sonho em que não se levantam às 6:37h da manhã.

Ou simplesmente porque deixam tanto em nós, que nem tentamos quantificar...


32 comentários:

antónio paiva disse...

É mesmo isso!

:)

Beijo

mixtu disse...

é mesmo isso...

e agora vou ler o teu texto...
yayaya

há gente que nos faz sorrir, que nos obriga como tu dizes...

os amigos, ou como eu gosto de dizer: os conhecidos, amigos... só quando o caminho é complicado é que se v~e quem é mais conhecido...

abraço serrano

v disse...

Um retrato? Preciso!

:-)
Beijo

Maria disse...

E quem sou eu para discordar.....
é asssim, exactamente.

Beijo

herético disse...

"Ou simplesmente porque deixam tanto em nós..."que rompem todos os limites...

Dias disse...

:) cool, valeu a pena passar.

Beijo

Capitão Merda disse...

Hã?!
Importas-te de repetir? ;)

Vício disse...

será que este texto é um relato de uma recuperação de amnésia?

Vanda Paz disse...

É isso tudo

Beijinhos

Paulo disse...

Ou porque tu deixaste sempre tanto em todos, que depois foi possível dar-te todas as recordações que precisavas.

Beijo

foryou disse...

António: pois é... :)

Mixtu: :) tens alguma razão...

V: :)

Maria: isso... :)

Herético: todos! :)

Dias: :) cool

foryou disse...

Capitão: importo!! :P

Vício: será... :)

Vanda: é mesmo :)

Paulo: sorte minha :)

Anabela disse...

Caminhos...

Trilhos...

E a vida continua,
muitas vezes pintada de sorrisos.

Que texto bonito. Beijos doces

bjecas disse...

Eu levanto-me às 6:40h e em vez de sonhos é mazé com cada remelunga...

Jinhos curvilineos

\m/

ines disse...

memórias, boas ou más... são a nossa vida!

:)))

Um Momento disse...

E são esses momentos que nos alimentam no nosso dia a dia ...
que nos fazem sorrir por existirem...
E já agora... até eu ia tomar um cafézinho...( sorrindo!)
Quem sabe um dia me pagas o café?
( olha eu a ser "crava"!!!):D

Desejo-te um excelênte Fim de semana ( prolongado ai ai) e... vivam os AMIGOS que tanto nos dão apenas com o seu sentir, o seu sorriso !
( Sorri mesmo!!!!!)

Beijo Grande!!!!

(*)

Nanny disse...

A vida é feita de palavras, frases soltas, memórias, amigos, sorrisos, bolo de chocolate às 4 da tarde, sonhos a olhar o mar... a vida é isso, sabias?

Amanhã pões o despertador só para as 6:45h, que é para variar :DDD

Beijinhosssssssssss

Anónimo disse...

Tu não tens mesmo, mesmo amizades coloridas?

Vou já enviar-te uma!

Beijo grande

Capitão-Mor disse...

A tua última frase é simplesmente sublime!

Bom fim de semana!

foryou disse...

Anabela: muitas vezes :)

Bjecas: mas tu já és resmelunga por natureza :P

Inês: eu diria que a vida é muito mais que memórias :)

foryou disse...

Momento: CRAVA!!! :P

Nanny: bolo de chocolate, bolo de chocolate, bolo de chocolate... gostei dessa parte :D

Anónimo: andas com umas piadas novas, é?! :)

Capitão: sublimes são os bons amigos!

vinte e dois disse...

Foi aqui na blogosfera que fiz muitas amizades que nunca pensei fazer. Rostos por vezes anónimos mas que me souberam dar mais provas de amizade do que pessoas que encontrei no meu dia a dia ;)
Beijinhos

ps: vou ver se volto a ter coragem para manter o blog activo. por enquanto tenho, mas já vai fazer dois anos e acaba por chegar a um ponto em que nos ocupa demasiado tempo ;)

Perla disse...

Gostei desta prosa de amiga...

"amigos, bons ou menos bons porque alguns têm tanto de anjos como de demónios, reais ou não porque o sentimento pode ser forte sem corpo"

Quantas verdades!!!

Bom fim de semana
Bjs

foryou disse...

22: essa é a parte saudável da net :)
Tempo? Não penses em tempo, basta que penses apenas em escrever quando e o que te apetece!
Beijinho

foryou disse...

Perla: prefiro os amigos à prosa mas é uma questão de gostos :P
Bom dim de semana :)

Anónimo disse...

Gostei muito deste renascer com amigos.

Bj
Vasco

Isabel disse...

Não passava por aqui desde a cena de "como se mete a marcha atrás"; ri-me com o que li e fiquei a admirar-te ainda mais.
Tu não existes!!!!!!!!!!!!!
Lol

Beijinhos grannnndes

Rafeiro Perfumado disse...

Andas a ler livros estranhos, cara Foryou. Olha que quem diz ou escreve coisas dessas não pode ser lá muito bom da cabeça.

Um beijo enorme deste teu amigo.

foryou disse...

Vasco: :)

Isabel: existo sim!!!! as minhas gatas podem comprovar isso, sou eu que lhes dou comida todos os dias!!!

Rafeiro: foi desde que li um tal livro... :P

Defensor disse...

Salve
Tudo na vida está entrelaçado. Redes que nos prendem ao fio do destino.
Abraços

Um Momento disse...

E voltei a ler este Belissimo texto...
Há tanto sentimento nas tuas palavras que...
Abraço forte!!!

(*)

foryou disse...

Defensor: estará mesmo?

Um Momento: que... :)